quarta-feira, 22 de março de 2017

Dia das Águas. A fonte da vida. Preservar amar e cuidar..

IEMANJÁ, AMOR DO MAR
(Marquinhos)
INTERPRETE: MARQUINHOS

O VELHO PESCADOR SEGUE SEU RUMO AO MAR 
E OUVE O CANTO DA SEREIA EM PLENA LUA CHEIA
IEMANJÁ, SEU PRANTO ME FAZ INSPIRAR
DEIXOU O SEU AMOR PRA NUNCA MAIS VOLTAR

TRANSFORMOU-SE NUM RIO EM LÁGRIMAS DE DOR 
E NO VENTRE DE MÃE OS SEUS FILHOS GEROU
NASCENDO DE REPENTE, OXUMARÉ, XANGÔ 
E NA FLOR DO MAR JÁ SE FEZ EMERGIR
VESTIDA DE AZUL E SÓ PRA MIM SORRIR                

E O PESCADOR IRMÃO LHE PEDE PRA GUIAR 
ENTÃO PORQUE VIVER E NÃO MORRER NO MAR 
OLODUM, OLODUM
ME CHAMA DE AMOR, ME CHAMA DE AMOR
DO MAR...

ATLÂNTIDA EXISTIA NO CENTRO DO MAR 
EU SEI QUE O MAR E O CAMINHO PRA TODO LUGAR 
PLATÃO O GRANDE SÁBIO EM FILOSOFIA
MAS TUDO QUE ACONTECIA ELE DESCREVIA

TODA INTELIGÊNCIA QUE O POVO CONTINHA
RIQUEZAS E LUXURIAS POIS LÁ EXISTIA
MAS ONDE HÁ O HOMEM EXISTE A AMBIÇÃO 
E O GRANDE ZEUS IRADO AO VER FICOU
ENVIANDO ÁGUA E FOGO ELE A DEVASTOU




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A nossa musica para o mundo. Samba Reggae. Banda Olodum. 1987 - 2017 Um LP histórico e atual.

Em 30 dias, comemoraremos os 30 anos do primeiro disco de Samba Reggae do Mundo. O clássico Egito Madagascar lançado na praia da Boca do ...