quinta-feira, 29 de março de 2012

Salvador cidade negra 463 anos.


Salvador: Ilha de Maré concentra maior proporção de negros da capital
Foto: Jota Freitas / Setur
O bairro da Liberdade, tradicionalmente considerado o maior reduto negro de Salvador, foi desbancado do posto após a divulgação do último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na capital baiana. Os dados apontam que a Ilha de Maré é a região da cidade com maior concentração de população negra – 92,99% dos moradores da ilha declararam ter pele “preta” ou “parda”. “Descobrimos, na verdade, é que em termos de proporção, a Ilha de Maré é quem está na ponta, é a zona que melhor se caracteriza como negra”, explicou o coordenador de disseminação de informações do IBGE, Joilson Rodrigues, em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102.5, nesta quinta-feira (29), dia em que Salvador completa 463 anos. Ocupam o segundo e terceiro lugar do ranking, respectivamente, os bairros de Fazenda Coutos e Rio Sena, no Subúrbio Ferroviário. Quando o parâmetro é o contingente populacional, no entanto, o título fica com Pernambués, onde 53.580 moradores se declararam “pretos”. Ainda na lista de “bairros com um contingente populacional negro muito expressivo”, segundo Rodrigues, estão Itapuã (52.206) e Brotas (49.804). No total de 2,675 milhões de habitantes da capital, 2,125 milhões são negros. “Salvador é, de fato, uma cidade negra. 79,45% de toda a população declara ter pele 'preta' ou 'parda'. A soma desses dois nos dá a ideia da negritude baiana ou soteropolitana”, diz. Os dados são fruto do último censo realizado pelo instituto, no ano de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Direitos Humanos uma história e evolução.

Direitos fundamentais: a evolução histórica dos direitos humanos, um longo caminho Dirceu Pereira Siqueira, Miguel Belinati Piccirillo  ...